Relacionamento abalado, trabalho minguado

Quando não estamos bem, dificilmente faremos bem um grande trabalho. Isso acontece porque nossa energia criativa, força de vontade e bem-estar estão muito interligados. Imagine se a causa do abalo emocional é alguém com quem você se relaciona frequentemente? A entrega com excelência fica ainda mais rara…

Essa é a importância de construir bons relacionamentos interpessoais – devemos cuidar bem das nossas relações para que possamos entregar o nosso melhor todos os dias.

E para cuidar bem das relações interpessoais, temos que começar nos conhecendo melhor e cuidando bem de nós mesmos, primeiro. Relacionamentos humanos são profundamente projetivos: nos reconhecemos nos outros, criamos expectativas e influenciamos as respostas alheias. Portanto, para enxergar melhor o outro, é preciso saber separar primeiro o que “é seu” e o que “pertence ao outro” nessa história…

A partir do momento que começamos a procurar maneiras de nos conhecer melhor, identificando nossas habilidades, forças e fraquezas, estaremos mais preparados para os reflexos que essas características podem trazer para a nossa carreira e vida pessoal. Ou seja, a tendência é de menos abalos, atritos e insucessos.

Você sabe quais são as suas forças? Você sabe como elas contribuem para sua produtividade e sucesso? Sabe também como lidar com suas angústias e com tudo aquilo que te tira do sério? Se não sabe, ainda há tempo.

Saber lidar de forma inteligente com você mesmo antes de se relacionar com os outros significa menos relacionamento abalado e menos trabalho minguado.

 

Conheça os treinamentos da Up Training company: https://uptc.com.br/