3 ameaças ao bem-estar da sua equipe

Nunca se ouviu tanto sobre a importância do bem-estar em ambientes corporativos – ainda que remotos – como no último ano. Manter as pessoas bem para que os resultados apareçam (ou não piorem) tornou-se uma das principais metas de todo gestor. Não que antes esse fator fosse deixado de lado, mas ganhou uma relevância expressiva no dia a dia de muitas reuniões sobre a realidade empresarial.

Dentro desse contexto, em que o bem-estar de todos é quase que uma regra, colocar em ameaça a conquista de um estado de “plenitude” pode ser o pior cenário para o momento. Por isso, é importante que você, líder, conheça e reconheça que há 3 dentre tantos outros fatores que podem minar sua tentativa de manter equipes virtuais saudáveis e prósperas.

São eles:

1. Falta de contexto: Um dos maiores desafios do trabalho virtual deriva da própria comunicação via canais digitais, como e-mail, mensagens de texto, mensagens instantâneas, e tantas outras plataformas de colaboração que não têm o contexto nem a nuance dos ambientes presenciais. Sabe aquele olhar entre pares, aquele convite para um cafezinho de pausa no meio da reunião, e até o suspiro de alguém que demonstrou impaciência em alguma situação? Tudo isso é contexto e nuance. A comunicação nas plataformas digitais é assíncrona, ou seja, acontece a qualquer momento e lugar, e pode criar um grande vale entre a expectativa e a realidade, ou simplesmente entre o envio de uma mensagem e o recebimento de uma resposta. O imediatismo presente na nossa sociedade, em que tudo precisa ser “para ontem”, aflige, ainda mais quando não podemos ver ou ter elementos suficientes para despertar nossa sensibilidade sobre o que está acontecendo. Ou seja: gatilho para o conflito.

2. Falta de padrões de comunicação: A falta de normas e diretrizes estabelecidas em torno não apenas dos canais, mas em especial sobre as comunicações que neles existem precisa ser observada. Isso significa que todos precisam ter clareza sobre o que fazer e o que não fazer para que as interações pessoais em um ambiente de escritório virtual funcionem bem. Sem normas de comunicação estabelecidas, os membros da equipe podem ser vítimas do excesso de comunicação. Ou da escassez de informação e troca. É preciso alinhar: que tipo de mensagem devemos enviar por e-mail? Quais assuntos precisam ser discutidos em ambiente on line? Quando é melhor usar o velho e bom telefone?

3. Falta de encontros informais: Funcionários no escritório têm conversas casuais com colegas em ambientes diversos. E relacionamentos são fortalecidos por meio desses encontros que podem cobrir, sem que se saiba, a solução de desafios da própria empresa. As conexões estabelecidas entre funcionários promovem laços mais fortes entre os colegas de equipe e cria um senso de “nós” em uma organização. No outro lado, as chamadas e reuniões virtuais tendem a pular imediatamente assuntos “extraoficiais” e geralmente oferecem menos tempo para isso, quando acontece. Relacionamentos caracterizados por empatia mútua são capazes de gerar mais suporte e ajudam os indivíduos a ignorar eventuais gafes e mal-entendidos resultantes das comunicações digitais. O contrário disso torna os ambientes mais férteis para conflitos.

Identificou um ou até três pontos acontecendo dentro da sua equipe? Saiba como lidar com diferentes personalidades e com equipes remotas. Conheça os treinamentos da Up Training company, em especial o *SDI: https://uptc.com.br/

 

*Sobre o SDI: relançado em 2021 no formato “2.0”, o SDI tem como foco desenvolver a inteligência relacional. A metodologia ajuda a identificar os pontos fortes pessoais no relacionamento com os outros sob duas condições: quando está tudo bem e quando enfrentamos conflitos.