Bons interlocutores não “saem da moda”

Bons interlocutores não “saem da moda”