Conflito é conflito, ainda que virtual

2020 já passou, mas nem tudo que esse ano nos trouxe foi embora com ele, tampouco as grandes possibilidades de conflito.

Em um ano em que tudo parou, quase tudo mudou e nós tivemos que “fazer acontecer” em meio à uma pandemia, 2021 ainda exige muito das nossas habilidades sociais, comportamentais e emocionais para continuarmos lidando com tudo que nos rodeia.

As chamadas de vídeo ainda estão em alta e sem previsão para saírem de “moda”, muito pelo contrário. E é nesse cenário que nossas vidas, rotinas e empregos permanecem com desafios que só crescem.

O cenário é fértil para gatilhos de conflito entre as pessoas, ou seja, além de os nervos estarem à flor da pele, as relações de trabalho – ainda que virtuais – podem colocar qualquer sensação de conforto e de bem-estar à prova em todos os instantes.

Por isso, reconheça que um conflito continua a ser um conflito, ainda que seja despertado remotamente. Isso pode te ajudar a lidar melhor com a situação.

Há causas latentes capazes de despertar desconforto nas equipes diariamente. Portanto, saiba identificá-las para que sejam tratadas com atenção a ponto de salvarem suas relações profissionais e também pessoais. São elas:

  • O espaço físico, não mais delimitado, abstrai os limites de contexto dos assuntos. E isso pode gerar um “telefone sem fio” com alto potencial banda larga! Conflito à vista…
  • Normas de comunicação sem clareza não são normas, pois não há quem as reconheça. Isso é um prato cheio no mundo virtual para que seja estabelecido o caos entre o que dizemos e o como o outro interpreta.
  • O bate-papo informal (“de corredor”) caiu em desuso, e com ele todas as oportunidades de captar as nuances do que não foi dito, mas poderia ter sido percebido. Ou seja, a sensibilidade a partir do ambiente se perdeu.

O trabalho remoto trouxe muitas vantagens, sem dúvida. Porém, muito pode ainda se desgastar em função dos gatilhos de conflito. Mas isso apenas acontecerá se o líder não reconhecer que é preciso agir rápido e de forma precisa, contando com suporte profissional.

Aprender como sua empresa pode adotar a inteligência de relacionamento para evitar conflitos e construir equipes virtuais “blindadas” é possível. Como?

Conheça a metodologia SDI*, que tem como objetivo capacitar indivíduos para que eles saibam gerenciar seus gatilhos emocionais e lidar melhor com as ações ou reações do outro: https://uptc.com.br/

 

*O SDI ajuda a identificar os pontos fortes pessoais no relacionamento com os outros sob duas condições: quando está tudo bem e quando enfrentamos conflitos. Tem também sido usado para auxiliar pessoas a melhorar suas interações por mais de 45 anos em todas as partes do mundo. Inúmeras organizações de todos os segmentos de negócios têm encontrado valor no SDI.