AUTORRESPONSABILIDADE: pessoal e intrasferível

 

AUTORRESPONSABILIDADE: pessoal e intrasferível

 

Sim. Você é responsável pelas suas escolhas, pelas suas vitórias e também pelas suas derrotas. Não se engane e encare essa realidade. Apenas assim você terá o preparo necessário para conseguir tomar as rédeas da sua vida e da sua carreira. 

O conceito de autorresponsabilidade, que significa assumir o rumo e as consequências da própria vida, não é novo. Afinal, todos nós já tivemos que tomar decisões difíceis. Em algumas acertamos e em outras erramos, mas isso só foi possível após uma autoavaliação. 

Assumir que tanto as coisas boas como as ruins são frutos das oportunidades que nós mesmos criamos não é algo tão simples, pois ninguém tem a intenção de errar, nem de evidenciar os próprios pontos fracos. Então, porque é tão dura a missão de encarar tudo isso, “bater no peito” e assumir o caminho escolhido se revelando de forma tão nua e crua? 

A resposta é o medo da vulnerabilidade. Não gostamos de nos sentir frágeis e passíveis ao erro, principalmente quando estamos em ambientes corporativos. Porém, esquecemos que é justamente essa vulnerabilidade que nos conecta, nos fortalece e nos humaniza. 

Enxergar a si mesmo como autorresponsável pelo futuro desejado é uma grande chance de ver o mundo com outros olhos. E isso só contribui para o seu sucesso.

Não entregue aos outros a chance de mudar o rumo das coisas. Assuma que você é capaz de construir sua carreira da forma como sonhou, e que para isso precisará de empenho, força de vontade e, acima de tudo, muita consciência. Consciência de que sua carreira é pessoal e intransferível. 

Capacite os líderes da sua empresa para que eles também tenham este senso de autorresponsabilidade: http://uptc.com.br